Voltar para home

Distribuição das propostas

Foram recebidas 96 propostas de workshops, que serão avaliadas para compor a décima terceira edição do Fórum da Internet no Brasil.

Distribuição por Região

Ao total, 44 propostas apontam além de proponente um co-proponente, sendo que 24 destas apontam dois setores distintos e 20 propostas apontam duas regiões diferentes.

Na submissão das propostas é possível escolher até três opções de temas para a proposta. São 70 temas distribuídos entre 10 macrotemas.

Confira a lista completa de temas no guia de submissão do FIB13.

Distribuição por macrotema:

Distribuição por macrotema
  • 64 - ISCI - Internet, Sociedade e Cidadania
  • 53 - DINC - Diversidade e inclusão
  • 51 - QJUR - Questões jurídicas, regulatórias e extraterritoriais
  • 34 - PRIS - Privacidade e Segurança
  • 31 - DICD - Dados, informações e conteúdos digitais
  • 15 - NTIA - Novas Tecnologias e IA
  • 10 - IACO - Infraestrutura, acesso e conectividade
  • 5 - TSAU - Temas Relacionados à Saúde
  • 4 - TEDU - Temas Relacionados à Educação
  • 1 - TEMM - Temas em Economia, mercado, moedas e transações financeiras

Temas mais citados:

  • 24 - QJUR – Questões legais e regulatórias
  • 22 - PRIS – Privacidade e proteção de dados pessoais
  • 15 - DINC – Grupos excluídos e minoritários
  • 15 - ISCI – Cidadania digital
  • 10 - DINC – Inclusão digital
  • 10 - ISCI – Notícias falsas e desinformação
  • 10 - QJUR – Governança da Internet, Multissetorialismo e Jurisdição
  • Cada workshop deve escolher um princípio do Decálogo da Internet que mais se relaciona com a proposta:
  • 37 - Liberdade, privacidade e direitos humanos
  • 18 - Ambiente legal e regulatório
  • 15 - Governança democrática e colaborativa
  • 10 - Diversidade
  • 7 - Universalidade
  • 5 - Inovação
  • 3 - Funcionalidade, segurança e estabilidade
  • 1 - Neutralidade da rede

Comparação do total de workshops submetidos entre FIB12 e FIB13

Workshops submetidos FIB12 e FIB13
  • Aumento de aproximadamente 60% do número total de propostas recebidas.
  • Setor governamental e empresarial que, normalmente tem pouca participação no FIB, triplicaram o número de propostas.
  • Nordeste foi a região com um aumento significativo de propostas enviadas – aproximadamente 90%.
  • Sudeste manteve ampla participação no número de propostas submetidas, mais da metade das propostas pertencem a esta região.